Você está sendo espionado por seu dispositivo móvel?

As pessoas estão acostumadas a, quando precisam ou quando querem instalar um aplicativo ou jogo, simplesmente irem na loja do Google, buscar seu aplicativo e clicar em instalar, não prestando atenção à segunda tela que lhes é apresentada informando as permissões que o aplicativo exige. Isso pode expô-las a vários vazamentos de informações, como fotos, contatos, arquivos, os caminhos por onde você anda, etc.

A loja do Google não é tão restritiva e os desenvolvedores de aplicativos podem fazer seus programas e adicioná-los à loja sem um controle muito rigoroso por parte do Google, podendo, inclusive, os aplicativos conterem vírus como já identificado no passado.

Portanto, antes de mais nada, instale um bom antivírus em seu smartphone ou tablet e não menos importante, gaste 10 segundos do seu tempo analisando quais permissões o aplicativo exige. Pode não ser tão fácil à primeira vista, mas as permissões são bem autoexplicativas, como “acesso aos contatos”, “enviar sms” e por aí vai.

Antes de clicar em instalar, role a tela das informações do aplicativo para baixo e examine essas permissões na seção “Desenvolvedor”, lá existe um item “Detalhes da permissão” clique nele e aparecerá uma janela informando o que o aplicativo pode acessar.

Analise a lista, pois podem haver permissões incongruentes às necessárias, por exemplo, para um aplicativo de lanterna, quais seriam as permissões lógicas? Obviamente não muito mais do que permissões para a Câmera, já que o Led necessário para a lanterna pertence à câmera, mas não é muito difícil encontrarmos aplicativos de lanterna que precisam de permissões absurdas como um aplicativo chamado: “Lanterna Forte” que precisa das seguintes permissões, “Histórico do dispositivo e apps”, “Contatos”, “SMS”, “Telefone”, “Localização”, “Fotos/Mídia/Arquivos”, “Câmera”, “Informações de conexão Wi-Fi”, “ID do dispositivo/Informações da chamada”, “Executar ao iniciar” (ou seja, já começa a rodar automaticamente quando o telefone liga), “Exibir conexões de rede”, “Alterar configurações do sistema”, “Acesso completo à rede”, “Conectar e desconectar da rede Wi-Fi” e “Alterar as configurações do sistema de exibição”.

A única intenção que vem à minha mente quando um desenvolvedor faz um aplicativo desse tipo é espionagem. Você quer, às vezes, instalar em seu aparelho um aplicativo para uma tarefa simples, mas acaba abrindo seu dispositivo amplamente para o desenvolvedor do programa ter acesso completo ao seu equipamento, pois, como no exemplo acima, o programa vai ser iniciado automaticamente quando o telefone for ligado e permanece em execução em plano de fundo (ou seja, mesmo não tendo uma janela do aplicativo visível, ele continua rodando) até que o telefone seja desligado ou o programa encerrado manualmente na página de configurações do seu telefone na seção “Aplicativos”, provendo, ao desenvolvedor, acesso contínuo aos seus contatos, SMS, arquivos, ligações, onde você está pela localização fornecida pelo GPS, e provavelmente pode até instalar outros aplicativos sem que você perceba.

Portanto gaste alguns segundos analisando as permissões do que você quer instalar antes de apertar o botão “Instalar” na página do aplicativo na loja do Google. Não caia da armadilha de desenvolvedores maliciosos que tiram proveito das pessoas que acham que por estar na loja oficial do Google, o aplicativo é 100% confiável. Não seja vítima de espionagem ou de infecção. Não ache que porque você não conhece de tecnologia ou de programação o que está ali é o correto, use a lógica, na quase totalidade das vezes ela vai estar com a razão, se ela lhe disser que a permissão que o aplicativo está querendo não está conforme ao que você acha que o aplicativo deve fazer, não o instale. Outro exemplo, por que um aplicativo de emulação de controle remoto de televisão precisa de acesso à minha localização? Siga seu bom senso e não instale o aplicativo, te garanto que você vai conseguir viver sem ele e, ainda mais, vai estar bem melhor sem ele. Pesquise por outros aplicativos, com certeza haverá outro que realiza as mesmas funções sem te deixar vulnerável, se não houver aplicativo gratuito, gaste alguns reais, geralmente aplicativos móveis não custam tão caro e você somente estará pagando por um trabalho que não foi fácil fazer e exigiu do desenvolvedor muito tempo de aprendizado e experiência, te garanto que se fosse você fornecendo seu serviço em forma de aplicativos iria apreciar ser remunerado por seu trabalho.

Possui uma dúvida, crítica ou sugestão? Por favor me informe nos comentários.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *